sexta-feira, 12 de outubro de 2018

OS SALTOS QUÂNTICOS




( Texto Livro O Grande Pulso)
Quando as menores partículas de matéria de vossas consciências são iluminadas pela luz manásica, significa que vocês estão absorvendo mais uma nova informação e quando essa nova informação é compreendida, ela se torna algo real e intransferível. Uma verdade pessoal se estabelece na mente de quem a recebe e a partir daí, essas partículas começam a se iluminar e expandir cada vez mais.
Quando um fenômeno desses ocorre, essas partículas jamais conseguem voltar ao seu tamanho anterior, pois agora estão repletas de luz. Essas pequenas manifestações da matéria começam a acumular cada vez mais energia, cada vez mais luz e mais informações, até o momento que não mais suportam tamanha concentração energética e acabam explodindo.
Sim explodindo!
Nesse momento, toda a energia que ficou acumulada em forma de luz dentro daquela pequena partícula de consciência, é lançada para fora, transformando aquela minúscula partícula em uma micro usina capaz de produzir e irradiar uma luz própria. Essa emanação energética é conhecida por aqui como Energia Livre Exemplar.
A partir do momento que essa energia livre é irradiada, ela provoca milhares de minúsculas reações luminosas que acabam alterando todas as outras partículas. Cria-se então uma reação luminosa em cadeia e todas essas outras partículas acabam se tornando também, pequenas usinas de luz e veículos de informação.
Esse fenômeno conjunto de partículas iluminadas e agrupadas é o que alguns aí chamam de salto evolutivo da consciência. A explosão dessas partículas subatômicas é o que determina esse salto. Quando uma partícula de consciência sofre uma explosão dessa magnitude, ela nunca mais volta ao seu estado original.
Em resumo, meus irmãos, quando uma mente se torna esclarecida, extinguem-se todas as formas de ignorância.
Pois bem, chegamos ao ponto principal que queremos dizer.
Esse processo de iluminação é o que chamamos de Despertar. Despertar nada mais é do que uma forma de iluminação.
A partir de agora sempre que falarmos sobre os despertares humanos, estaremos falando sobre mini explosões de luz, de irradiação, de informação e de exemplos pessoais, ou seja, estaremos falando de saltos evolutivos; de recepção, de absorção e de reflexão energética, enfim, tudo isso remete para a explanação inicial deste capitulo, onde falamos de absorção de luz e de esclarecimento divino.
Portanto, irmãos queridos, deixamos declarado aqui que o nosso desejo é que muitas dessas pequenas explosões e muitos saltos evolutivos ocorram em vossas consciências durante a leitura desta modesta obra literária, pois essa é a nossa intenção e essa é a nossa missão aqui na Terra.
Esses despertares podem ser individuais ou coletivos.
Os despertares coletivos são extremamente poderosos e possuem uma enorme força transformadora.
Por exemplo: A possibilidade que vocês tiveram de ver o vosso planeta Terra flutuando no espaço sideral há algumas décadas atrás, foi um fenômeno espetacular, o último e mais importante salto evolutivo coletivo que a humanidade presenciou.
Ver o planeta Terra de cima foi para vocês sem dúvida, um dos maiores despertares de consciência já documentado. Tão espetacular que até hoje suas vidas estão girando em volta desse breve momento.
Até hoje, os estilhaços originados por aquela grande explosão de consciência, estão sendo compartilhados pela humanidade, devido ao grande salto coletivo ocorrido na época. Vejam quantas transformações a sociedade humana presenciou depois desse evento extraordinário.
Aquela imagem ocasionou realmente uma explosão na consciência coletiva. A mente humana mudou, a consciência da humanidade inteira mudou, pois ali, abriu-se um novo portal de conhecimento sobre os assuntos cósmicos e espirituais. Antes disso, vocês não tinham nenhuma ideia de como era o lugar onde viviam... — Carlos Torres no livro “O Grande Pulso” – Editora Madras.
EM RESUMO:
"Salto quântico é quando o elétron salta para fora da órbita do átomo e nunca mais volta. E quando ele faz esse movimento produz novos fotóns de luz que ativam outros elétrons de outros átomos e outros elétrons começam a saltar devido o excesso de energia, isso é essencialmente um salto quântico. É o processo de iluminação que se multiplica exponencialmente e acaba despertando a sua consciência.
Porque em resumo quando o elétron desperta ele ilumina as partes com sombras que há muito tempo escureciam a sua mente e se sentia assombrado, ou seja, na escuridão.
Quando mais esclarecida sua mente estiver, mais iluminada ela estará e quanto mais iluminada ela estiver mais lúcido (a) você estará e quanto mais lúcido (a) você estiver, mais pessoas você conseguirá atingir com a sua luz própria. Essencialmente esse é o processo oculto do esclarecimento. Por isso trabalhamos pelo esclarecimento. porque o foco é clarear a consciência. Somente isso.

domingo, 7 de outubro de 2018

Geometria Sagrada: O Significado da Espiral



A espiral é a essência do mistério da vida. Assim como se centra, ela também para, se encontra, se retorce e, então, desce e sobe novamente em graciosas curvas. O tempo se retorce em torno de si mesmo, trazendo os ecos e vibrações enquanto que os caminhos vivos da espiral passam próximos um do outro. A vida corre por estradas sinuosas, os seres se encontram em determinados pontos de suas caminhadas, se entrelaçam, se afastam, partem, retornam às origens. O ponto de partida também é o ponto de chegada trazendo-nos a questão do retornar sempre, reencontrar-se e se renovar.
As espirais também circulam dentro de nós, a energia circula em espiral, é onde a matéria e o espírito mais perfeitamente se encontram, e o tempo, por ele mesmo, não existe. Os nativos lembram as diversidades da vida e dos caminhos, e não compreendem o mundo de forma linear, o seguir em frente em uma única direção como se a vida fosse uma linha reta traçada entre um ponto de início e um de término. O destino é sempre ir além. O grande desafio de todo ser, por natureza um guerreiro trilhando as estradas das espirais da vida, é essa busca, é o retorno, é a partida, é caminhar em círculos/ciclos assim como caminha a natureza, pois somos parte dela. É fazer girar a roda do tempo, não nos prendendo em nenhum ponto em específico porque, assim, podemos vislumbrar os mais diversos pontos que compõem a espiral.
Sobre as formas espiraladas e circulares, Alce Negro, dos Oglala Sioux coloca o seguinte:
Tudo que o poder do mundo faz é feito em círculo. O ceú é redondo, e tenho ouvido que a Terra é redonda como uma bola, e assim também o são as estrelas. O vento, em sua força máxima, rodopia. Os pássaros fazem seus ninhos em círculos, pois a religião deles é a mesma que a nossa. O sol nasce e desaparece em círculo em sua sucessão, e sempre retornam outra vez ao ponto de partida. A vida do homem é um círculo, que vai da infância até a infância, e assim acontece com tudo que é movido pela força. Nossas tendas eram redondas como os ninhos das aves, e sempre eram dispostas em círculo, o aro da nação, o ninho de muitos ninhos, onde o Grande Espírito quis que nós chocássemos nossos filhos.
Para os antigos celtas essa é toda a essência do mistério da vida. O circular, o espiralado. O tempo, uma das triplas linhas tão importantes para o imaginário celta, se retorce em torno de si mesmo. Os astecas achavam que certas flores que tinham em seu centro espirais, eram a alegria do mundo, mostrando o ciclo do sol, quando nasce e se põe, as estações, solstícios, ciclos assim como a vida dos homens. Os orientais falam da kundalini, do fluxo de uma energia em espiral, dos redemoinhos energéticos que perambulam nossos corpos.
espirall
Como vórtex de energia, as espirais encontradas em vestígios antigos expressavam um entendimento do cosmos, da energia vibrante, da vida, ou o seu contrário. Tradicionalmente, os ancestrais compreenderam que espirais no sentido horário representavam o nascer, o sol, a vida, o mundo de cima, a transformação pelas experiências exteriores. Para o sentido anti-horário, representavam a lua, a morte, o outro mundo, o mundo de baixo, o mundo dos sonhos e alucinações, intuição, as experiências transformadoras vindas do nosso interior.
Para os hindus, o que no nosso mundo terrestre era no sentido anti-horário, para a esquerda, no outro mundo, correspondia ao sentido horário. Hoje sabe-se que esses simbolismos expressam as funções cerebrais, o lado esquerdo do cérebro regula o lado direito de nosso corpo, o lado direito regula o lado esquerdo do corpo. Nem bom, nem mal, apenas diversidades que compõe o universo, uma perfeita simbiose, uma perfeita composição de energias.
Se vermos vários locais sagrados dos antepassados, desde o paleolítico, em qualquer parte do mundo, notaremos sempre a compreensão circular e espiralada. A espiral é a energia vital, é a energia em movimento, é a própria jornada.
fonte: Terra Mística

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

ADAPTAÇÃO ACELERADA – O CICLO DO PICO MAGNÉTICO



O planeta acaba de completar seu ciclo de Pico Magnético, que descarregou uma enorme quantidade de força magnética na Terra. As partículas subatômicas da matéria elementar estão se reorganizando para apoiar a mudança do corpo planetário para o próximo universo harmônico. Todos os sistemas de comunicação conectados a esses níveis de arquitetura planetária estão passando por flutuações, reconfigurações e potencialmente reconstruindo ligações interestelares que reconectam portais terrestres para se realinharem em múltiplos sistemas estelares e corpos celestes.
Essa mudança maciça na escala quântica está mudando as leis da estrutura na arquitetura que governa a função sobre o nosso corpo de matéria, bem como nossos corpos de consciência.

Para muitas pessoas multidimensionais no caminho da Ascensão, como nos conectamos em muitos níveis da estrutura da consciência, que mudou radicalmente, nosso Corpo de Luz está mudando radicalmente, e nosso corpo físico está passando por uma série de Adaptações para atender às novas exigências energéticas. Nossos modos prévios de conexão de consciência e comunicação estão em flutuação, enquanto nosso Corpo de Luz está sendo reconfigurado para acomodar a arquitetura planetária em mudança, arquitetura solar e além.

Essencialmente, somos a última geração de pessoas que nasceram na escravidão da consciência na Terra da terceira dimensão. Teremos conhecido a escravidão da consciência e teremos acabado com ela nesta vida, enquanto neste corpo físico.

Os seres humanos ascendentes estão evoluindo para o desenvolvimento de novas habilidades que mudam as características do que significa ser humano, do Caminhante Adormecido, à Transfiguração, Translocação e Transmigração. Estes estão revelando mais dos modelos do Diamante do Sol como um transporte de consciência entre os campos do tempo, e o que é a verdadeira liberdade.
O boletim deste mês tentará conscientizar essas mudanças multidimensionais e a oportunidade que temos de participar conscientemente como a expressão viva das leis mutáveis da estrutura.

Ascensão Espiritual é a progressão da consciência humana, governada pela complexa mecânica quântica à medida que ela se move ao longo do tempo e do espaço, que é essencialmente sobre mover a inteligência da nossa consciência de uma estação da realidade para outra.
O corpo humano é um projetor de luz holográfico para transmitir as energias inteligentes da Alma-Espírito, e é capaz de mudar o corpo da Alma-Espírito para outra estação da realidade, para uma que existe em uma dimensão mais alta do tempo. Descender nosso espírito-alma dos Reinos Superiores para habitar em nossas células, enquanto mudamos nossa consciência para outra estação da Realidade, está acontecendo neste momento. Essa mudança para outra estação da Realidade é possível enquanto estamos habitando nosso atual corpo físico e temos a mesma identidade de nome de nascimento.

Em ciclos anteriores, para mudar a consciência da Alma-Espírito da mesma forma, exigiríamos outra identidade e corpo para encarnar em outra Linha do tempo que existia em outra estação da Realidade. Este processo fizemos muitas vezes antes, e é descrito como reencarnação. Durante o Ciclo de Ascensão, temos a capacidade única de mudar a localização atual de nossos corpos conscientes, enquanto passamos por uma sucessão de iniciações espirituais, enquanto temos o mesmo corpo físico. As memórias acumuladas de nossas correntes de inteligência Alma-Espírito que transformamos em muitas outras vidas anteriores, estão sendo deslocadas de sua localização anterior no tempo, à medida que o estado de nossa atual identidade e consciência muda.

Isso também pode ser descrito como uma recuperação do corpo da alma humana em massa que está retornando para povoar o corpo da Terra, a ser recuperada pelos corpos físicos ou pelas pessoas individuais às quais eles realmente pertencem.
Muitas pessoas na Terra que não estão Despertas neste momento, têm aspectos do seu eu superior que ficaram presos em alguma área danificada do Corpo da Terra, desde Linhas temporais anteriores, onde grandes traumas e cataclismos haviam ocorrido.
Conforme mudamos a localização de onde nossa anterior estação de identidade e corpo Alma-Espírito existiu anteriormente no campo do tempo, ela requer algumas Adaptações para aclimatar nosso corpo físico a essas mudanças que estão impactando a Alma Coletiva e a estrutura da consciência planetária.

Os humanos que podem se adaptar mais facilmente à atual miríade de desafios ambientais e fatores energéticos, estão passando por tipos de adaptações que estão catalisando mudanças fisiológicas.

As mudanças fisiológicas são projetadas para que a transformação profunda e poderosa da consciência seja possível dentro de um corpo físico na Terra. Em algumas circunstâncias, conforme o corpo físico sofre Adaptações fisiológicas, essas mudanças catalisam mais dos sistemas metabólicos, órgãos e glândulas para ativar ou Despertar da dormência, a fim de preparar o espírito para habitar o corpo.
As Adaptações estão se conectando através dos sistemas corporais para aumentar a circulação da força vital, o que facilita a conexão ao circuito espiritual-energético. Muitos circuitos energéticos e meridianos do planeta foram desconectados ou danificados.
Como resultado, as principais forças que existem no corpo humano, a força vital, as vitalidades físicas e as energias espirituais, não estavam interconectadas ou funcionando adequadamente. Isso contribuiu para a desconexão geral e a falta de comunicação entre os corpos espirituais mais elevados e o corpo humano físico, o que afeta toda a raça humana.

EVOLUÇÃO BIOLÓGICA

As adaptações fisiológicas que estão influenciando a humanidade estão acontecendo em resposta à série de marcadores evolutivos biológicos e espirituais que estão impactando profundamente a arquitetura planetária, os elementais planetários e o próprio elemento terra. As mudanças combinadas estão impactando ainda mais o fenótipo humano, conforme documentado no consenso científico.
O fenótipo da raça humana é uma expressão generalizada de características e traços influenciados pela combinação dos fatores genéticos, comportamentais e ambientais, bem como pela variedade de influências advindas da consciência coletiva. A ciência não inclui os muitos fatores da inteligência artificial, modificação genética e controle da mente, desempenhando um papel direto na formação e controle dos traços do fenótipo humano.
O fenótipo humano descreve as características físicas e características que definem as espécies de seres humanos.

Conforme fazemos a transição de uma Raça Raiz para outra, esses fatores de espécie, como as funções fisiológicas do corpo humano, respondem rapidamente às alterações massivas que estão ocorrendo no Corpo da Terra.
Isso significa que o projeto humano coletivo e os corpos humanos estão respondendo à iminente evolução biológica que é necessária como resultado da mudança estrutural do planeta. As atuais pressões evolutivas estão causando anomalias (energia para formar), especialmente dentro de muitos fatores ambientais e físicos.
Essa nova plataforma de consciência requer adaptações fisiológicas específicas às mudanças genéticas que estão ocorrendo na raça humana, a fim de nos aclimatarmos ao novo conjunto de condições e energias às quais estamos sendo mais expostos, pois elas estão relacionadas ao processo evolucionário humano.
Aqueles que estão Despertando agora estão na vanguarda de incorporar essas Adaptações, (“os últimos serão os primeiros”) pois elas são a ponte da consciência que se estende até o ciclo de nascimento futuro da próxima Raça-Raiz da espécie humana.

TRAÇOS ADAPTATIVOS LEVAM AO RENASCIMENTO DA IDENTIDADE

Adaptações estruturais, fisiológicas e comportamentais são necessárias pelos impactos profundos que estão sendo feitos pelas atuais forças evolutivas que varrem o planeta, atingindo massa crítica.
A adaptação comportamental ao consenso em mudança de que a humanidade está manifestando o estado de consciência da realidade global através de um pensamento autodirigido segue paradigma de energia, bem como adaptar-se às condições energéticas que a realização impõe a toda a espécie é um exemplo de traços adaptativos vindo online. Adaptações comportamentais como essas ressoam nas Leis Universais e, como tais, ativam ainda mais as funções superiores do DNA na biologia humana.

Para a raça humana sobreviver neste novo terreno energético, nós estamos sendo forçados a transformar nossas crenças e desenvolver uma variedade de novos padrões comportamentais de características adaptativas.
Traços adaptativos estimulados por verdades mais elevadas, como a compreensão das Leis Universais através das quais somos governados, apoiam ainda mais a evolução do projeto coletivo da raça humana, ajudando a catalisar a capacidade das futuras gerações de evoluir para um DNA que funcione melhor.
A raça humana está atualmente em uma fase de adaptação ao processo evolucionário planetário, e esta é uma difícil reeducação e processo de aprendizado, necessários para continuar a evoluir e desenvolver uma consciência mais elevada. É dificultado por causa do atual estado de controle da mente sobre a natureza da Realidade e a falta de conhecimento público sendo compartilhado sobre as rápidas mudanças que impactam o planeta, que descrevem a ascensão planetária.

No nível individual, cada pessoa deve decidir se está disposta a abrir sua mente e liberar dependências do antigo paradigma e sua subjugação ao arquétipo do Controlador como sua principal autoridade.

O arquétipo do Controlador do Falso Rei da Tirania existe em toda parte; dentro de pessoas que são políticos, empregadores, gurus, qualquer pessoa, nós damos o nosso poder de bom grado.

Neste momento, devemos distinguir e discernir as diferenças entre tiranos e líderes verdadeiros, como estes são papéis muito diferentes, e não devem ser confundidos ou igualados.

Um verdadeiro Líder não quer tirar nosso poder, enquanto um Tirano assumirá a posição de autoridade total sobre os outros. Para evoluir espiritualmente, não podemos mais jogar os jogos do Controlador, devemos recuperar nosso poder pessoal e aceitar a responsabilidade por nós mesmos.

O paradigma do pensamento deve mudar para que nossa espécie seja capaz de se adaptar à nova plataforma de energia, que essencialmente está criando um novo terreno energético e um novo habitat terrestre.
Nossa espécie está evoluindo para a próxima progressão da Raça Raiz, e o corpo que habitamos agora é um híbrido. Ele tem a capacidade de evoluir espiritualmente e fazer a transição para a nova marca de DNA da Raça Raiz com o apoio da nova estrutura de consciência do planeta.

Atualmente, aqueles que estão no caminho ascendente podem passar por transformações profundas que são similares a um Renascimento da Identidade Pessoal, que revela uma nova versão superior do Eu em lugar de seus antigos egos.
O Processo de Renascimento é a atualização da Alma, o Raio Da Alma infunde as camadas do ego com as qualidades superiores da verdadeira Essência e natureza superior desse indivíduo.

Para passar por essa mudança dimensional, precisamos mudar as formas destrutivas de pensar e agir que herdamos das formas-pensamento 3D da mente predadora do Controlador, e nos adaptar aos impactos acumulativos que a energia atual altera. Se pudermos nos reeducar para aprender o que significa permanecer no fluxo de energia do momento e não resistir à necessidade de mudança, então a adaptação à mudança planetária é muito mais fácil.

As Transmissões Intergalácticas estão recriando as estruturas do planeta e, essencialmente, recriando a raça humana para evoluir para a autoversão mais elevada de seus antigos eus da personalidade.

Este processo é indetectável para os cinco principais sentidos de uma pessoa que é limitada pela consciência 3D, e se recusa a romper as caixas de realidade que ela co-criou com os elementos terrestres 3D. Geralmente, o perfil dessa pessoa é desenvolvido em seu corpo mental e personalidade, e não se integra com os outros níveis.

Há uma diferença entre as caixas de realidade que são criadas em conjunto com a escolha pessoal e aquelas que foram usadas para enredar as pessoas em armadilhas da consciência, com base na dor oculta e no trauma que elas acreditam ser a caixa da realidade.

O discernimento está em saber quando as pessoas estão sendo intencionalmente enganadas, usando a mente predadora, para usar a energia de outras pessoas que foi parasitada e roubada para a agenda do Controlador. O que está forçando as pessoas a repetir seus dolorosos padrões de trauma, sem o seu consentimento ou conhecimento, a fim de ganhar mais poder material e controle sobre elas enquanto estão dentro da caixa da realidade.

Por Lisa Renee
Tradução Vilma Capuano
Compartilhe mantendo os creditos
https://energeticsynthesis.com/…/3360-pressurized-adaptation

sábado, 22 de setembro de 2018

O QUE É SER ESPIRITUALISTA



"Todo espiritualista sabe e procura viver segundo a máxima de que existe uma realidade além da matéria. Chame-se tal realidade de plano espiritual, energia, luz ou outro nome, o que está em jogo para o espiritualista é o exercício permanente da consciência de que aquilo que se apresenta diante dele, no dia a dia do plano físico, nada mais é do que uma capa que oculta uma realidade mais sutil, não imediatamente acessível aos sentidos físicos do ser humano.

A consciência da transitoriedade do material e da continuidade do espiritual é a grande força do espiritualista, que permite a ele alcançar regiões de liberdade, beleza e esperança, mesmo em momentos de grande provação.





O espiritualista maduro atingiu esta consciência por experiências pessoais cabais e intransferiveis, e, defensor da liberdade de juízo de cada um, não sente necessidade de convencer ateus, materialistas, agnósticos e céticos da existência desta outra realidade.
Sabe que o momento de percepção de cada ser virá no seu devido tempo.

Preocupa-se mesmo é em continuar aprimorando o seu próprio espírito, pois uma vez revelada a ele esta outra realidade, percebe o quão pequeno é diante da vastidão do universo e da infinitude de experiências que, abertas à sua frente, convidam-no a evoluir sempre mais.

A capa material – nossos corpos e objetos do mundo físico – é, para o espiritualista, uma manifestação do mesmo princípio vital que anima os planos mais sutis.
Ela não é exatamente ilusória, no sentido de que não cabe renegar o seu peso e a sua necessidade para os aprendizados evolutivos pelos quais precisamos passar.
O que é ilusório, na verdade, é acreditar que a matéria se encerra em si mesma e permanecerá sempre igual; que nossa existência se resume ao que conhecemos hoje e que continuará a ser como é indefinidamente.






Claro que todos sabem, em tese, da impermanência das coisas materiais, mas também todos – materialistas e espiritualistas igualmente – com frequencia tomam atitudes e decisões prejudiciais à própria evolução, baseados na ilusão de que não há nada além da matéria e de que tudo sempre permanecerá como está.
Por ignorância ou auto enganação, não raro buscamos satisfações imediatistas que terão consequências físicas e espirituais negativas no médio ou longo prazo.

As fraquezas e vícios físicos, emocionais e mentais, auto 
destrutivos, são a grande chaga da humanidade. Sabendo disto, o espiritualista procura se conhecer para dominar, com progressiva maestria, a sua natureza inferior, aquela que, apesar das gratificações imediatas, fomentam o egoísmo, a separação e a destruição. 
Sabe, por consciência, que pode ser e fazer sempre melhor, e não toma esta certeza de forma leviana. Procura colocá-la em prática de verdade.

Seguindo o princípio da vigilância de si, busca conhecer suas próprias fraquezas, encará-las de frente e dominá-las, subjugando-as a uma natureza superior que também o habita: aquela que fomenta a união, o amor desinteressado e tudo que é engrandecedor e construtivo.

Tem consciência do tamanho dessa tarefa, nunca caindo no ridículo de achar que atingiu o ápice da própria evolução. Se entristece com as próprias quedas ou quando faz caírem consigo outros, mas não desiste de melhorar a si mesmo, procurando tirar lições dos erros cometidos, repará-los e seguir em frente, mais alerta e fortalecido.

Pode passar com mais leveza pelas provas e aproveitar melhor as bênçãos trazidas pela vida material, porque as vê como etapas necessárias de um plano maior e benevolente – embora não isento de reparações severas quando necessário – do qual conhece apenas uma pequena parte.





O espiritualista tem no olhar a capacidade de decantar a essência das coisas, reconhecendo aquilo que é eterno dentro daquilo que é transitório. Percebe que, do ponto de vista da matéria, mesmo a mais bela flor um dia fenecerá; enquanto que, do ponto de vista espiritual, a beleza dos objetos, seres e experiências emana de uma luz imperecível, que jamais pode ser apagada."


                                                    Samantha Sabel